TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Mesmo após reparo em vazamento, canais próximos à Lagoa ainda têm esgoto - Editoriais - Band News FM

Meio Ambiente

Texto:
+
-

Mesmo após reparo em vazamento, canais próximos à Lagoa ainda têm esgoto

Apesar de a situação ter apresentado melhora, há resíduos na água e cheiro forte na região

Por Andrezza Buzzani, às 15:58 - 19/01/2021

A água no local tem cor turva e cheiro forte (Foto: Andrezza Buzzani)

Após dois dias desde o reparo feito na bomba da elevatória que provocou o despejo de esgoto na Lagoa Rodrigo de Freitas, na Zona Sul do Rio, a situação apresentou melhora, mas ainda é possível observar resíduos em canais na região.

De acordo com a Cedae, o equipamento foi consertado no domingo (17), mesmo dia em que a Secretaria Municipal de Meio Ambiente notificou a companhia.

No Canal do Jóquei, origem do vazamento, a água ainda apresentava um pouco de turbidez nesta terça-feira (19). Já no canal que se conecta a ele, na Rua General Garzon, não havia mais a mancha de esgoto vista nos últimos dias.

O vazamento começou na quinta-feira passada (14). Além do mau cheiro, uma moradora do bairro, que quis ser identificada apenas como Silvia, diz que notou a água turva nos dois canais e também na Lagoa.

Ainda nesta terça-feira (19), a Bandnews FM também flagrou esgoto em um terceiro ponto no canal da Avenida Visconde de Albuquerque.

A água no local tem cor turva e cheiro forte. Segundo a Cedae, isso acontece porque o que ficou represado nos outros pontos, está sendo desviado pelo canal, onde vai seguir para o emissário submarino.

O biólogo Mário Moscatelli relata que constatou vazamento na Lagoa ainda nesta segunda-feira (18), mesmo após conclusão do reparo pela Cedae no domingo (17). A companhia nega a informação. Moscatelli questiona os impactos ambientais causados durante os dias de despejo de esgoto.

O especialista enviou, nesta terça-feira (19), uma solicitação ao Ministério Público, pedindo providências.

A Cedae comunicou que monitora 24 horas por dia o sistema, por meio do Centro de Controle Operacional de Esgotos e pelo "Plantão da Lagoa", com vistorias ao local.

NEWSLETTER
OU