TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Polícia Civil abre inquérito sobre o caso de fura-fila na vacinação envolvendo três dirigentes da RioPax - Editoriais - Band News FM

Polícia

Texto:
+
-

Polícia Civil abre inquérito sobre o caso de fura-fila na vacinação envolvendo três dirigentes da RioPax

Os acusados são um diretor, um gerente comercial e um advogado

Por Guilherme Persil, às 20:47 - 26/02/2021

00:00 / 00:00

A RioPax informou que está prestando todas as informações necessárias às autoridades competentes (Foto: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio)

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o caso de fura-fila na vacinação contra a Covid-19, envolvendo três dirigentes da RioPax.

Os suspeitos foram relacionados com outros 76 funcionários da empresa que administra seis cemitérios do Município, em um documento enviado à Secretaria Municipal de Saúde pedindo prioridade na vacinação, alegando que eles também possuem contato diário com cadáveres contaminados.

Os acusados são um diretor, um gerente comercial e um advogado. Caso seja comprovado que eles não são do grupo prioritário, poderão responder por crime de falsidade ideológica.

Segundo o Delegado Titular da Delegacia de Combate a Corrupção e Lavagem de Dinheiro, Thales Nogueira Braga, há funcionários da RioPax que foram imunizados a partir do dia 27 de janeiro, em um Centro Municipal de Saúde localizado em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio.

Durante coletiva nesta sexta-feira (26), sobre o boletim epidemiológico da Covid-19, o Secretário Municipal de Saúde, Daniel Soranz, afirmou que o caso pode seguir para o Ministério Público.

Procurada, a RioPax informou que está prestando todas as informações necessárias às autoridades competentes e não compactua com irregularidades.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU